fbpx

Administradores, “heróis” em tempos de crise

Administradores, “heróis” em tempos de crise

O primeiro caso de COVID-19 no Brasil completa um ano. Home office, desinfecção de áreas comuns, barreiras de acrílico e medição de temperatura corporal são algumas medidas tomadas para frear o avanço do vírus. Nesse cenário, os administradores têm trabalhado para garantir a sobrevivência dos negócios, ainda que, os números não sejam animadores.

Quem imaginaria que um ser microscópico alteraria a vida de bilhões de pessoas em todo mundo? Alterou. O novo coronavírus chegou igual a um tsunami, fomos sacudidos e forçados a sair do comodismo. As nossas certezas caíram por terra e passamos a olhar a vida por um novo ângulo, com o pé no chão.

Além dos trabalhadores da saúde, outros “heróis” anônimos então em cena: os profissionais da administração. Eles têm papel fundamental no enfrentamento dessa crise. Enquanto médicos lutam para salvar vidas humanas, os administradores trabalham para garantir a sobrevivência de muitas empresas, principalmente aquelas que foram impactadas pelas quarentenas.

Imagina quantos profissionais da administração estão, neste momento, estudando estratégias para superar a crise. Pensa no tanto de gestores de RH debruçados em dezenas de fichas de colaboradores, analisando a situação de cada um e pensando em formas criativas para mantê-los nas suas atividades laborais. É preciso destacar, também, o pessoal do Marketing. O profissional que atua nesse ramo da ciência da administração tem sido essencial nesse momento de crise. Em tempos de coronavírus, as estratégias para interagir com o público se transformaram. É preciso muita sagacidade para criar formas inteligentes e eficazes para manter – ou até mesmo reposicionar – a imagem do negócio.

Em um outro artigo, postando ainda no começo da pandemia, “O Administrador em meio a crise do COVID-19“, citei algumas dicas para minimizar os estragos do COVID aos negócios.

A Administração é uma profissão de múltiplas competências. É o administrador quem vai pensar no planejamento estratégico da organização, traçará estratégias a curto, médio e longos prazos, gerenciará recursos financeiros e humanos, fará controle e entrega de materiais, entre outros. É a falta de gestão profissional que tem causado a morte de muitas empresas e basta analisar a pesquisa feita pelo Conselho Federal de Administração para comprovar essa constatação: 52,1% dos empregadores não desenvolvem qualquer metodologia de gestão de riscos em seu negócio. Empresas que não se planejarem estão mais vulneráveis a amargarem consequências terríveis com essa crise.

Por isso, ressalto mais uma vez a necessidade da gestão profissional. Certa vez, um administrador disse que assim como não existe futuro sem planejamento, não existe organização sem administração. E a história prova que mesmo em momentos de crises as organizações com um bom sistema de gestão conseguiram superar suas dificuldades.

Quero neste artigo, enaltecer os e as profissionais da Administração que estão fazendo a diferença nessa pandemia. Se você é Administrador e deseja trocar ideias e experiências, fique à vontade para network.

Você também poderá gostar deste outro artigo “Já definiu suas METAS para 2021?“. Nele falo sobre a importância do Planejamento Estratégico e da definição de metas. Recomendo.

Precisa de nova análise de ambiente e Planejamento Estratégico, entre em contato.

Compartilhar este POST!